Mulher asfixia marido e enche a garganta dele com pão para simular engasgamento em Itajubá

Mulher asfixia marido e enche a garganta dele com pão para simular engasgamento em Itajubá



Sérgio Carvalho Silva era casado há mais de vinte anos com a mulher que o matou
Foto: Redes Sociais

O servidor público da Prefeitura de Itajubá Sérgio Carvalho Silva, de 51 anos, foi assassinado neste sábado pela sua própria esposa, com quem era casado há mais de 20 anos. 

A mulher teria convencido o marido a ter as mãos e pés amarrados por ela e depois o asfixiou com uma blusa de criança. Em seguida enfiou um pão na garganta dele, para simular um engasgamento. A criminosa teria ajuda de uma vizinha. 

Após o crime as duas chamaram o Corpo de Bombeiros para socorrer o marido “engasgado”. A PM foi acionada e ao narrar detalhes a mulher confessou o crime. Ela disse que não sofria agressões físicas do marido, mas ele a chamava de velha e gorda.

Ela relatou que disse ao marido que iria trabalhar como segurança em Pouso Alegre. Como ele era segurança, pediu que lhe ensinasse técnicas de imobilização e convenceu Sérgio em ter as mãos e pés amarrados com um cadarço. Com o marido imobilizado, ela o sufocou até perceber que estava desmaiado.

Depois chamou a vizinha, que já sabia da sua intenção, que a ajudou a enfiar pão na garganta da vítima para simular a morte por engasgamento.

As duas mulheres foram presas em flagrante e serão ouvidas em inquérito aberto na Delegacia de Homicídios.

Sérgio Carvalho foi sepultado neste domingo e a Prefeitura de Itajubá emitiu uma nota de pesar pelo ocorrido.

Por  Portal da Cidade Pouso Alegre

Destaque Polícia