“Muitos bancos não estão satisfeitos comigo”, diz Bolsonaro

“Muitos bancos não estão satisfeitos comigo”, diz Bolsonaro

Presidente da República falou sobre pesquisa que aponta que Lula é visto como mais honesto que ele

O presidente Jair Bolsonaro afirmou não ter a preferência do sistema financeiro brasileiro | Reprodução/YouTube

Diretamente de Los Angeles (EUA), onde participou da Cúpula das Américas, o presidente Jair Bolsonaro (PL) reclamou do sistema financeiro do Brasil. Em transmissão on-line realizada nesta 6ª feira (10.jun), ele destacou ter ciência de que não é tão bem quisto por boa parte das empresas do setor.

“Muitos bancos não estão satisfeitos comigo”, afirmou Bolsonaro durante a live. Para essa alegada rejeição, o presidente aproveitou para mencionar a implementação do PIX, recurso que permite pessoas físicas a fazerem, de modo online e sem cobrança de taxas bancárias, transferências financeiras.

“A população deixará de pagar para os bancos algo em torno de R$ 30 bilhões.”

A criação do PIX, na visão de Bolsonaro, fez com que os bancos brasileiros perdessem dinheiro. “No corrente ano, segundo dados do Banco Central, a população deixará de pagar para os bancos algo em torno de R$ 30 bilhões por causa das isenções dessas taxas”, enfatizou.

O comentário a respeito do sistema financeiro brasileiro foi feito a partir do momento em que Bolsonaro mostrou na live uma notícia sobre um levantamento realizado pelo Ipespe a partir de encomenda da XP. De acordo com a pesquisa, os entrevistados apontaram o ex-presidente Lula como mais honesto que o atual chefe do governo federal. “Acredita quem quiser”, ironizou Bolsonaro.

O presidente aproveitou a live para apresentar como será a sua agenda no sábado (11.jun). Ele ainda estará em solo norte-americano, mas trocará a costa oeste pela leste. Em Orlando (Flórida), o político brasileiro marcará presença na inauguração de um consulado e deverá participar de “motociata” ao lado de apoiadores.

Bolsonaro ainda disse que irá a um encontro promovido por cristãos. Por fim, divulgou um outro evento, que será realizado na próxima 2ª feira (13.jun): o Primeiro Congresso Conservador Brasileiro da Flórida. Alvo do inquérito das fake news que corre no Supremo Tribunal Federal (STF) e considerado foragido da Justiça brasileira, o influenciador digital Allan dos Santos, ex-editor do site Terça Livre, é um dos nomes que constam na lista de convidados do evento.

Por Anderson Scardoelli | SBT

Política